Reciclagem de Efluentes Industriais e Chorume
Solução de Tratamento de Efluentes Sanitários e Caixa de Gordura
Matéria Orgânica Transforma

Como identificar possíveis vazamentos de efluentes nas empresas

Publicado em 22-06-2016 17:02

 Como identificar possíveis vazamentos de efluentes nas empresas

vazamento de efluentes industriais contém uma enorme variedade de substâncias que podem prejudicar o meio ambiente e são nocivas à saúde. Um dos principais cuidados para evitar esse problema é a manutenção preventiva: um método que permite analisar os riscos de todas as instalações e ajudar a detectar, logo no começo, pequenos vazamentos.

 

A umidade do solo é um dos primeiros sinais de vazamento de esgoto que pode ser detectado com a manutenção preventiva. O crescimento rápido de vegetação, por exemplo, como o de grama, próximas do esgoto é um sinal evidente de vazão irregular.

 

Outra evidência de vazamento de esgoto no solo pode ser o mau cheiro, além das erupções que podem aparecer acompanhadas do mau odor e, em um primeiro momento, na forma de pequenos ralos que podem aumentar com o tempo.

 

A água da chuva também é outro vilão. O volume grande de água pode fazer os efluentes transbordarem e levar ao vazamento. Dessa forma, a solução seria a instalação de sistemas que captam a água da chuva e levam para o sistema de escoamento.

 

Métodos e ferramentas de identificação

 

Além da manutenção preventiva, existem outros métodos e ferramentas para identificar vazamentos.

Entre eles, estão os poços de monitoramento, comumente utilizados em área de disposição de resíduos sólidos poluentes, como aterros sanitários e lixões, postos de serviços de abastecimento para detecção de vazamentos. Eles têm por objetivo obter amostras de água subterrânea com a finalidade de verificar, por meio de análises químicas e físico-químicas, seus índices de contaminação e a qualidade hidrogeológica.

 

A inspeção por meio dos poços de monitoramento também fornece outros indicadores de contaminação, como PAH e BTEX no caso de hidrocarbonetos. 

 

A instalação dos poços pode ser realizada através de sondagem manual ou com equipamentos mecanizados de sondagem, de acordo com normas que estabelecem as condições mínimas exigidas para a sua construção e dá subsídios para a elaboração de projetos de redes de monitoramento das águas subterrâneas. 

 

É de suma importância que a obtenção dos parâmetros avaliados, por meio do poço de monitoramento, seja confiável e precisa, uma vez que todos os estudos desenvolvidos serão embasados nos dados coletados. 

 

Medidores de vazão 

 

Outro equipamento para se verificar a existência de vazamentos de efluentes nas indústrias são os medidores de vazão ou medidores de fluxo – são os chamados medidores volumétricos de esgoto, capazes de monitorar o fluxo de saída de esgoto ou resíduos de determinado local. 

 

Existem vários tipos de medidores homologados: eletromagnético, eletromagnético e capacitivo, calha Parshall, calha Palmer Bowlus, ultrassônico por princípio Doppler e ultrassônico por tempo e trânsito.

 

Um dos modelos mais modernos é o que usa a tecnologia por efeito Doppler para medição da área versus velocidade em tubulação parcialmente cheia ou canal aberto, por variação de frequência de ecos ultrassônicos emitidos por cristais piezo elétricos. Por serem refletidos pelas bolhas ou sólidos contidos no líquido, esses cristais retornam ao sensor de vazão com frequência alterada – o efeito Doppler. 

 

A unidade eletrônica do medidor de vazão converte em leituras de velocidade e totalização. É um medidor altamente confiável e seguro. 

 

No entanto, há também modelos menos sofisticadas para o controle que também são eficientes, dependendo do caso. Um exemplo é o vertedor triangular ou calha de Parshall. O sistema, em plástico reforçado de fibra de vidro, faz a medição de forma simples e direta, com possibilidade de agregar sistemas de leitura mais precisos.

 

A utilização de métodos e equipamentos para controle de vazamentos dos efluentes gerados pela indústria é considerada de extrema necessidade nos dias de hoje e não pode ser negligenciada pelas empresas - mais do que se dizer “amiga do meio ambiente”, é preciso que cada uma tome atitudes condizentes com esse discurso. 

 

CTA - Guia para destinação e tratamento de efluentes

 

Tópicos: efluente industrial, tratamento de efluentes industriais, tratamento de efluentes

Deixe seu comentário

 

Receba nossos artigos

Busca Por Artigos

biblioteca-digital-tera-ambiental
New call-to-action
New call-to-action
Descomplicando o tratamento de efluentes

Siga Nossas Páginas Nas Redes Sociais

Últimos Artigos

Artigos mais acessados