Reciclagem de Efluentes Industriais e Chorume
Solução de Tratamento de Efluentes Sanitários e Caixa de Gordura
Matéria Orgânica Transforma

Reciclagem de efluentes : Entenda o processo que valoriza resíduos indesejáveis

Publicado em 05-07-2019 11:05

Lagoa de decantação

 

Se a sua empresa gera resíduos certamente tem a preocupação com o tratamento e, para isso, conta com o auxílio de parceiros que oferecem o serviço. Porém, já parou para pensar o que acontece com todo o lodo resultante do processo? Para ter uma ideia, caso haja danos ambientais decorrentes do descarte incorreto, a fonte geradora é considerada corresponsável mesmo após a destinação final.

Desse modo, uma alternativa que evita sérios prejuízos e ainda contribui com a economia circular é a reciclagem de efluentes.

 

Neste processo exclusivo, os efluentes passam por tratamento e retornam ao meio ambiente enquadrados em parâmetros de lançamento de efluentes exigidos pelos artigos 18 e 19A e decreto 8468/76 do estado de São Paulo.

Como é realizada a reciclagem de efluentes?

A reciclagem de efluentes é uma solução que proporciona a vantagem da não geração de passivos ambientais no processo, uma vez que todo o lodo proveniente do tratamento dos efluentes é reaproveitado na compostagem.

Confira seus principais vantagens:

  • Processo diferenciado sem gerar passivos ambientais;
  • Segurança operacional e ambiental;
  • Contribuição para atingir metas ambientais;
  • Alinhado com a  Política Nacional de Resíduos Sólidos;
  • Conceito de economia circular na prática;
  • Transforma resíduos indesejáveis em produtos de qualidade e valor ambiental.

Quais as diferenças entre destinar o lodo para o aterro e realizar a reciclagem através da compostagem?

 

A maioria das empresas que tratam efluentes ainda destina o lodo para o aterro sanitário. Porém, com a possibilidade de realizar sua reciclagem, surge uma forma de eliminar tais passivos e contribuir com o meio ambiente e a boa imagem da organização. 

Ao investir na solução da reciclagem, os resíduos são compostados e transformados em fertilizante orgânico composto, rico em nutrientes e matéria orgânica destinado para culturas agrícolas como café, cana de açúcar, frutíferas, milho, soja entre outras. Além da sua aplicação no campo, já há estudos que atestam a utilização de fertilizante de origem sanitária, em áreas de reflorestamento de Mata Atlântica.

Além de colaborar com o conceito de economia circular e upcycling, há a garantia que materiais em situação de descarte sejam reutilizados, e as organizações façam uma destinação de resíduos ambientalmente correta e segura, sem gerar passivos ambientais. 

 

Ao final, os geradores dos resíduos reciclados recebem mensalmente o CDF - Certificado de Destinação Final, comprovando o cumprimento das normas ambientais exigidas, proporcionando maior segurança e tranquilidade para as operações.

 

Diante das vantagens mencionadas com a reciclagem, a empresa é beneficiada com a segurança ambiental, proteção contra vulnerabilidade jurídica, suporte técnico e operação sustentável.

 

Sua empresa quer fazer o tratamento de efluentes de forma ambientalmente responsável e com a garantia de estar cumprindo com a legislação? Então entre em contato com um dos consultores da Tera. Teremos muita satisfação em atendê-lo!

 

New call-to-action

Tópicos: reciclagem, análise de efluentes

Deixe seu comentário

Receba nossos artigos

Busca Por Artigos

biblioteca-digital-tera-ambiental
New call-to-action

Siga Nossas Páginas Nas Redes Sociais

Últimos Artigos

Artigos mais acessados