Reciclagem de Efluentes Industriais e Chorume
Solução de Tratamento de Efluentes Sanitários e Caixa de Gordura
Matéria Orgânica Transforma

CADRI: por que antecipar a obtenção desse documento?

Publicado em 25-10-2017 17:00

CADRI: por que antecipar a obtenção desse documento?Já sabemos da importância de como solicitar o CADRI, quais empresas precisam dele e por que ele é importante para empresas geradoras de resíduos. Também não é novidade as consequências de não contar com os documentos certos para sua atividade. O que muitos gestores não costumam considerar é o tempo para obtenção do certificado, e a vulnerabilidade que uma eventual demora para a liberação deste documento pode gerar para a empresa.

 

O processo de obtenção deste e outros documentos de fato passou a ser mais simples em tempos recentes: no segundo semestre deste ano passou a vigorar o novo formato de requisições junto à CETESB e suas agências locais, agora feitas de forma totalmente digital pelos portais PLA e e-ambiente. O objetivo da entrada em vigor destes canais, além de reduzir a emissão e desperdício de papel – trazendo mais sustentabilidade para todo o processo – é o de centralizar e agilizar pedidos, trazendo mais praticidade neste trâmite. Mesmo assim é importante ressaltar que toda empresa deve considerar que levará um tempo considerável para ter em mãos seu documento.

 

O prazo médio para emissão do CADRI é de aproximadamente 90 dias, podendo chegar a 180 em alguns casos, dependendo da agência responsável por sua região. Devemos somar a esse prazo um tempo de mais 20 dias para a obtenção de relatórios de caracterização, indispensáveis para a geração do certificado. Fora os já extensos prazos regulares da solicitação, é prudente levar em conta eventuais atrasos por falhas de processamento da CETESB ou mesmo por erros no pedido por parte da empresa responsável pela solicitação.

 

Não é incomum que fábricas que operam abaixo de sua capacidade produtiva máxima, ou que não costumam gerar um volume grande de resíduos, se vejam em situação difícil junto ao governo por causa da ausência do CADRI: os gestores acreditam que podem conseguir o certificado em pouco tempo e adiam sua requisição, e acabam por ficar sujeitos a penalidades quando subitamente aumentam sua produção e precisam realizar a movimentação do resíduos e efluentes antes do que imaginavam, não tendo tempo hábil para obter o documento. Este tipo de situação ilustra os riscos que as empresas correm ao não se anteciparem na obtenção do documento, bem como a importância de uma postura previdente quanto a esta questão.

 

A obtenção antecipada do CADRI, portanto, permite um planejamento melhor da movimentação dos resíduos, garante tempo para o levantamento de todos os relatórios e previne que a empresa seja vitimada por imprevistos e contratempos no pedido do documento, que podem levar a multas e prejuízos desnecessários ou ainda comprometer a capacidade produtiva da empresa. Por isso, fique atento a este detalhe e faça sua requisição com bastante tempo de antecedência, evitando problemas e garantindo uma operação tranquila de seu negócio.

 

É importante salientar a Responsabilidade Solidária Ambiental, onde a empresa é responsável pelos resíduos desde a geração até a disposição final. Dessa maneira, somente o CADRI não é suficiente para garantir o cumprimento da legislação, pois além do gerador, o transportador e o destinador final devem estar alinhados para atender corretamente a legislação ambiental vigente, como pode ser observado no vídeo a seguir dos parceiros CIESP e ABETRE:

 

 

 

Auditoria e Avaliação Ambiental

Tópicos: cadri

Deixe seu comentário

 

Receba nossos artigos

Busca Por Artigos

biblioteca-digital-tera-ambiental
New call-to-action
New call-to-action
Descomplicando o tratamento de efluentes

Siga Nossas Páginas Nas Redes Sociais

Últimos Artigos

Artigos mais acessados