Reciclagem de Efluentes Industriais e Chorume
Solução de Tratamento de Efluentes Sanitários e Caixa de Gordura
Matéria Orgânica Transforma

Como fazer a gestão dos resíduos orgânicos produzidos em condomínios

Publicado em 27-08-2015 17:00

Como fazer a gestão dos resíduos orgânicos produzidos em condomínios

Os resíduos serão sempre uma preocupação às empresas e população em geral, contudo, é uma vertente que deve ser ponderada também na gestão de um condomínio. Ao nível da coleta seletiva, existem grandes progressos nesta área, onde cada vez se recicla mais, por isso é importante que você conheça práticas não só para estes resíduos segregáveis, mas também para resíduos que devem ser destinados para tratamento como são os casos de efluentes provenientes de fossas, caixas de gorduras e resíduos sólidos orgânicos.

 

Resíduos provenientes de fossas sépticas, sumidouros e caixa de gordura

Para efluentes provenientes de fossa séptica ou sumidouro, verifique se as instalações do condomínio dependem dessa forma de armazenamento e se estão de acordo com a NBR 7229:1993, assim o condomínio estará adequado ao processo de armazenamento do efluente e apto para destinação via caminhão para uma estação de tratamento de esgoto. Caso seja uma fossa ilegal perto de rios ou qualquer fonte de água, você deverá regularizar essa situação contactando as entidades responsáveis pela gestão de água e esgoto da sua região. Quanto a caixa de gordura, a limpeza deve ser periódica para garantir o livre fluxo e funcionamento da rede coletora de esgotos domésticos.
 
 
Em relação a coleta de óleo de cozinha usado, guarde os mesmos em garrafas e recipientes com tampa e envie para reciclagem, existem várias empresas e instituições que fazem coleta gratuita destes resíduos e encaminham para fábricas de biocombustível. Sabia que ao fazer isto, você poupará milhares de litros de água? Não descarte óleos na pia, proteja o seu bolso e meio ambiente.
 

Compostagem doméstica

Processo menos conhecido, mas que já é realidade em residências e pequenas produções do país em especial nas zonas rurais, a compostagem doméstica é um processo que transforma resíduos orgânicos em adubo de qualidade para hortas e qualquer tipo de cultivo. Para uma família de 4 pessoas por exemplo, uma composteira com capacidade de 50 litros é suficiente para a compostagem dos resíduos de um mês. Se considerarmos a utilização de tambor, basta adaptá-los com furos na parte lateral para se escoar o líquido que se forma, que não é tóxico. No fundo coloque pedras e coloque a primeira camada de lixo orgânico e depois cubra com terra de jardim, a cada dois dias revolva as camadas para garantir a oxigenação e assim vai acelerar a de composição de material biológico.

 

Acondicionamento adequado

O acondicionamento dos resíduos de condomínios deve ser feito de forma organizada, observando as características como a origem, classe e destinação atreladas a legislação municipal e convenção ou estatuto do condomínio. No artigo “6 formas eficazes de armazenar resíduos sólidos” apresentamos algumas soluções de armazenamento que podem ser adaptadas para cada tipo de situação. 

 

Guia para gestão de resíduos

Para melhor entendimento da gestão dos resíduos é necessário levantar e discutir quais as ações que deverão ser tomadas, levantar as questões relacionadas à saúde pública e ocupacional para condução do gerenciamento.
 
Criamos um guia como forma de incentivo para que os profissionais responsáveis iniciem ou aprimorem a gestão de resíduos:

CTA - Guia para caracterização e classificação de resíduosEste é um artigo colaborativo desenvolvido por Sophia Parente da empresa siteimovel.com em parceria com a Tera Ambiental.

Tópicos: resíduos sólidos, compostagem de resíduos, Gestão de Resíduos, fossa septica

Deixe seu comentário

Receba nossos artigos

Busca Por Artigos

biblioteca-digital-tera-ambiental

Siga Nossas Páginas Nas Redes Sociais

Últimos Artigos

Artigos mais acessados