Reciclagem de Efluentes Industriais e Chorume
Solução de Tratamento de Efluentes Sanitários e Caixa de Gordura
Matéria Orgânica Transforma

Fertilizante Orgânico Composto: Benefícios e Formas de Aplicação

Publicado em 24-01-2014 12:51

Fertilizante Orgânico

 

Ele pode ser obtido através do processo de compostagem, é comumente utilizado para fornecer nutrientes ao solo e contribui para o melhor desenvolvimento das plantações, sem aditivos químicos: sim, o assunto em pauta é o fertilizante orgânico. Além de sustentável, já que é produzido a partir da reciclagem de resíduos orgânicos, este adubo natural é excelente para suprir as deficiências do solo, tornando frutos, vegetais e flores muito mais vistosos.

 

Crescentemente utilizado na agricultura, este tipo de fertilizante contribui com melhorias significativas nas plantações, aumentando a rentabilidade e minimizando as consequências da aplicação abusiva de substâncias químicas nos plantios. Além disso, o adubo orgânico possibilita o desenvolvimento de microorganismos benéficos, o que aumenta ainda mais a qualidade das condições físicas e químicas do solo.

 

Diante de tantos benefícios, o uso deste composto está cada vez mais difundido em diversas culturas. No entanto, muitas pessoas ainda se encontram em fase de adaptação e apresentam dúvidas em relação aos seus modos de aplicação. Afinal, qual é a maneira correta de usar os fertilizantes orgânicos? Em quais situações ele deve ser aplicado?

 

Rotação de culturas

Técnica de conservação agrícola, a rotação de culturas tem como meta diminuir os impactos (a exaustão) no solo ao longo de diversos processos de plantio. Deste modo, o tipo de cultura é substituído a cada nova época de cultivo, fazendo com que a produção diversificada de culturas promova a recuperação de solos degradados. Neste sentido, os fertilizantes orgânicos são uma ótima alternativa de suplemento para quem é adepto da técnica. Através da rotação, é possível garantir uma reposição de matéria orgânica ao solo, levando a maiores rendimentos em produtividade

 

Produção de mudas

Quando as sementes de uma cultura estão crescendo por exemplo em bandejas ou em vasos, um bom preparo do substrato para receber esta semente é ideal: a compostagem de resquícios de  jardim, restos de alimentos, resíduos orgânicos industriais, entre outros, é umas das formas para se produzir um fertilizante orgânico rico em nutrientes e incorporá-lo ao substrato.

 

Culturas perenes

Neste grupo de culturas, se encaixam as espécies que se desenvolvem nos mesmos locais por longo período, e que necessitam da aplicação constante de fertilizantes. Na categoria, estão plantas como árvores frutíferas, sebes, ervas e arbustos. Caso não haja adubação com fertilizantes orgânicos o solo pode se tornar improdutivo e pobre em nutrientes.

 

Culturas em fase de desenvolvimento

Para os casos nos quais determinado cultivo estiver em fase de crescimento, a aplicação de adubos naturais se faz necessária para que os vegetais ou alimentos absorvam prontamente os nutrientes importantes para sua qualidade.

 

Além de impactarem positivamente o ecossistema, os fertilizantes orgânicos podem atuar como verdadeiros “salva-vidas” de inúmeras produções agrícolas. A contribuição para uma alta produtividade, o suprimento das deficiências do solo e a manutenção de um terreno fértil para o cultivo, como já dissemos, são apenas alguns dos benefícios da utilização deste tipo de adubo. No que diz respeito à sua forma de aplicação, o produto pode ser depositado nos sulcos, nas covas ou ao redor das raízes das plantas.

 

Este tipo de fertilizante  também pode ser encontrado em formatos diversos: A granel, farelados, granulados ou na forma líquida. Em todas as situações, é necessário seguir a recomendação de um engenheiro agrônomo ou técnico habilitado, inclusive pela necessidade nutricional e dosagens, que variam para cada tipo de espécie vegetal.

 

Abisolo cria campanha para fertilizantes orgânicos compostos

 

A Associação Brasileira das Indústrias de Tecnologia em Nutrição Vegetal, desenvolveu uma campanha para falar da importância da contribuição dos fertilizantes orgânicos compostos para a melhoria das características químicas, físicas e biológicas do solo. Confira o vídeo abaixo:

 

 

 

Você tem interesse nesse tipo de fertilizante? Deixe seu comentário ou entre em contato com nossos especialistas.

 

CTA - Guia do tratamento de efluentes

 

Tópicos: resíduos sólidos, compostagem de resíduos, fertilizante orgânico composto

Deixe seu comentário

 

Receba nossos artigos

Busca Por Artigos

biblioteca-digital-tera-ambiental
New call-to-action
New call-to-action
Descomplicando o tratamento de efluentes

Siga Nossas Páginas Nas Redes Sociais

Últimos Artigos

Artigos mais acessados