Reciclagem de Efluentes Industriais e Chorume
Solução de Tratamento de Efluentes Sanitários e Caixa de Gordura
Matéria Orgânica Transforma

Saiba mais sobre a importância do tratamento dos esgotos sanitários e caixa de gordura

Publicado em 12-08-2015 12:00

A importância do tratamento dos esgotos sanitários e caixa de gordura
 
Já falamos algumas vezes aqui no nosso blog sobre esse tema, mas sabemos que o entendimento sobre as questões que envolvem a geração, armazenamento, destinação e tratamento dos esgotos sanitários provenientes da fossa séptica ou caixa de gordura ainda geram dúvidas. Mas, afinal, o que são esses efluentes e o que as empresas devem fazer com eles?
 
Também conhecidos como efluentes domésticos - sim, não estranhe! -  são resíduos líquidos provenientes de diversas atividades que, em sua maioria, utilizam água em áreas como cozinha e sanitários. Essas atividades geram efluentes que são encaminhados para a rede coletora de esgoto, fossas sépticas, caixas de gordura e tanques de acúmulo, também conhecidos como reservatórios.
 
A gestão incorreta sem tratamento adequado dos efluentes causa impactos significativos para a operação da empresa, ao meio ambiente e à sociedade, como podemos ver abaixo:
 

Cumprimento da legislação

Determinações como a lei que dispõe sobre os crimes ambientais e a própria Constituição da República Federativa do Brasil, instituída em 1988, são alguns dos argumentos legais que reforçam a necessidade da gestão consciente dos resíduos produzidos pelos processos industriais. 

 

Empresas que desrespeitam estas exigências estão sujeitos à autuação de instituições como o Ibama, a CETESB, o Ministério Público e a Polícia Ambiental, arriscando-se a arcar com medidas severas que vão desde multas, paralisação definitiva das atividades até mesmo  responsabilidade criminal dos envolvidos.

 

Risco à saúde pública e impacto nos ecossistemas

Quando os efluentes são descartados indevidamente nos corpos d’água, contaminam e podem causar diversos problemas à saúde. Muitas vezes, a contaminação supera a capacidade de depuração dos corpos hídricos, afetando a biota e causando sérios impactos ambientais.
 
E como evitar esse impacto no meio ambiente, causado pelos esgotos sanitários e caixas de gordura? Simples: garantindo o tratamento correto desses efluentes, geralmente feito em Estações de Tratamento de Esgotos.
 

Como realizar o tratamento

Para os casos em que não há disponibilidade para lançamento em rede pública de esgoto, é necessário que o tratamento seja off-site, realizado em uma ETE - Estação de Tratamento de Efluentes. Por isso, aconselhamos na maioria dos casos a contatarem profissionais especializados, optando pela terceirização dos processos acima citados.
 
 
Somos referências no tratamento de efluentes industriais e domésticos, com custos acessíveis. Nosso tratamento é realizado em lagoas aeradas com difusores de membrana, que garantem oxigenação máxima. O sistema não emite aerossóis, sendo moderno e robusto.
 
Faça sua parte protegendo o meio ambiente e ainda economizando. Entre em contato conosco!
 
CTA - Guia para destinação e tratamento de efluentes 

Tópicos: efluente doméstico, caixa de gordura, esgoto sanitário

Deixe seu comentário

 

Receba nossos artigos

Busca Por Artigos

biblioteca-digital-tera-ambiental
New call-to-action
New call-to-action
Descomplicando o tratamento de efluentes

Siga Nossas Páginas Nas Redes Sociais

Últimos Artigos

Artigos mais acessados