Reciclagem de Efluentes Industriais e Chorume
Solução de Tratamento de Efluentes Sanitários e Caixa de Gordura
Matéria Orgânica Transforma

Dia Mundial da Água 2021: a valorização dos recursos hídricos

Publicado em 18-03-2021 15:30

Dia mundial da água


Fundado pela Organização das Nações Unidas (ONU), por meio da resolução 47/193 de 21 de fevereiro de 1993, em 22 de março comemoramos o Dia Mundial da Água.

 

O objetivo da data é apoiar o combate à crise hídrica global pela conscientização de indivíduos e organizações públicas e privadas, sobre a preservação do recurso, contribuindo principalmente com o item 6 dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que prevê a disponibilização de água potável e saneamento básico para todos até 2030. 

 

Para a campanha de 2021, a Un-Water, organização que junto à ONU e outras entidades se dedica ao assunto, escolheu o tema "valorização da água", promovendo a seguinte reflexão: qual a importância da água para a sua casa e vida familiar, seu sustento, suas práticas culturais, seu bem-estar e seu ambiente local? 

 

O tema visa trazer à tona questionamentos e debates para as sociedades em todo o mundo, de modo com que cada agente assuma as suas responsabilidades em prol do bem coletivo. 

 

Por que pensarmos sobre a importância da água em nossas vidas?

 

Neste ano, a Un-Water promoverá um evento online que celebrará esse recurso finito e essencial à vida, além de apoiar o cumprimento do 6º ODS pelos cidadãos e organizações. A entidade ainda tem incentivado a participação nas redes sociais com a hashtag #worldwaterday, a fim de acompanhar as interações sobre o que a água significa para as pessoas ao redor do mundo.

 

No contexto, há inúmeros motivos que apontam a necessidade da reflexão sobre o valor e preservação das águas pela sua função essencial à vida e, consequentemente, às famílias, alimentação, cultura, saúde, educação, economia e integridade de nosso ambiente natural. 

 

Se negligenciarmos qualquer um desses valores, corremos o risco de administrar mal esse recurso finito e insubstituível. Com isso, é urgente que se levantem discussões sobre a escassez em muitas comunidades. 

 

A importância do 6º Objetivo de Desenvolvimento Sustentável para os recursos hídricos


Dentre outras ações, o  6° ODS também é pautado em "até 2030, ampliar a cooperação internacional e o apoio ao desenvolvimento de capacidades para os países em desenvolvimento em atividades e programas relacionados à água e ao saneamento, incluindo, entre outros, a gestão de recursos hídricos, a coleta de água, a dessalinização, a eficiência no uso da água, o tratamento de efluentes, a reciclagem e as tecnologias de reuso.”

 

Um dos principais desafios da atualidade, o qual também é pauta do Dia do Mundial da Água, é o tratamento de efluentes urbanos e industriais de forma adequada, mantendo os recursos hídricos preservados, reutilizando resíduos líquidos advindos das atividades urbanas e industriais para fins menos nobres e tomando outras condutas que se refletirão no bem estar comum ao longo dos próximos anos. 

 

O cenário do saneamento e gestão de recursos hídricos no Brasil 

 

Segundo dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), quase metade da população brasileira permanece sem acesso a sistemas de esgoto sanitário, o que equivale a 100 milhões de indivíduos que despejam seus dejetos por meio de fossas a céu aberto ou diretamente nos rios. Outros números alarmantes mostram que 16% da população não têm acesso à água potável e somente 46% dos esgotos gerados no Brasil são tratados.

 

O novo marco regulatório do saneamento, sancionado em julho de 2020, tem o objetivo de sanar estes problemas e vai justamente de encontro às metas do 6º ODS.

 

A lei prevê a universalização dos serviços de água e esgoto e viabiliza a injeção de mais investimentos privados nos serviços de saneamento, tendo como um dos principais objetivos atingir a meta de 99% da população brasileira com acesso à água potável e 90% dos cidadãos com acesso aos serviços de coleta e tratamento de esgoto até 2033.

 

Nesse cenário, o auxílio de parceiros especializados no tratamento dos diversos tipos de efluentes, será de extrema importância para o alcance das metas.

 

A Tera Ambiental atua no tratamento e reciclagem de efluentes offsite, atendendo os mais diversos setores desde 1999. A empresa oferece serviços como reciclagem de efluentes industriais e chorume, reciclagem de efluentes domésticos, compostagem de resíduos orgânicos e fertilizante orgânico composto.

 

Reciclagem de Efluentes Tera Ambiental

Tópicos: Dia Mundial da Água, Recursos hídricos, preservação das águas

Deixe seu comentário

 

Receba nossos artigos

Busca Por Artigos

biblioteca-digital-tera-ambiental
New call-to-action
New call-to-action
Descomplicando o tratamento de efluentes

Siga Nossas Páginas Nas Redes Sociais

Últimos Artigos

Artigos mais acessados