Reciclagem de Efluentes Industriais e Chorume
Solução de Tratamento de Efluentes Sanitários e Caixa de Gordura
Matéria Orgânica Transforma

Confira a situação do saneamento, coleta seletiva e resíduos sólidos no Brasil

Publicado em 12-03-2013 16:08

brasil sustentável

 

As cidades precisam cuidar de suas águas e do esgoto para evitar doenças, no entanto, a qualidade da água na maioria das cidades brasileiras ainda é ruim devido, principalmente, aos lançamentos de esgotos domésticos e industriais em rios, lagoas e canais. A pesquisa mais recente sobre o assunto, conhecida como “Perfil dos Municípios″, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostra que apenas 28% dos municípios tinham políticas para o saneamento básico no ano passado.

Em 60% das cidades a qualidade da água, o tratamento de esgoto ou o manejo de águas pluviais não são fiscalizados. Em 47% dos municípios, não há nenhum órgão ou estrutura administrativa para políticas sobre a qualidade da água e saneamento básico.

 

A situação também é complicada na questão da coleta seletiva, de acordo com a pesquisa do IBGE. Mais de 40% dos municípios brasileiros não tinham nenhum programa ou projeto de coleta seletiva em2011, amaioria deles nas regiões Norte e Nordeste.

 

Se há municípios ainda sem planos na área, outra pesquisa mostra que apenas 766 cidades brasileiras fazem a coleta seletiva de lixo. Segundo a pesquisa Ciclosoft, desenvolvida pelo Compromisso Empresarial para Reciclagem (Cempre), apenas 14% dos 5.565 municípios brasileiros separam os resíduos recicláveis dos resíduos orgânicos.

 

Ao cruzarmos esses dados com o Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil, elaborado pela Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe), as informações também são alarmantes: 60,5% dos municípios despejam seus resíduos sólidos em locais inadequados. Ao todo, são jogadas mais de 74 mil toneladas diárias de lixo em lixões e aterros fora dos padrões estabelecidos por lei. O pior é que, segundo o estudo, 6,4 milhões de toneladas de resíduos não são sequer coletadas.

 

Este ano será marcado pela corrida contra o tempo para a implantação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), que prevê a desativação de todos os lixões do país até 2014. Será que isso vai mesmo ocorrer dentro do prazo estabelecido? Esperamos que sim.

 

Enquanto isso, não é apenas o meio ambiente o grande prejudicado. Segundo o Ministério da Saúde, 65% das crianças que são internadas no país vão parar no hospital por causa de infecções transmitidas por água de má qualidade.

 

Reciclagem, reaproveitamento, compostagem, coleta seletiva, saneamento básico, tratamento de resíduos não são ações apenas em prol da sustentabilidade, elas representam também melhor qualidade de vida para toda a população. Por isso é hora dos cidadãos, das empresas e dos órgãos públicos fazerem a sua parte. Você já faz a sua?

 

CTA - Guia para destinação e tratamento de efluentes

Imagem: greenflavour.blogspot.com

Tópicos: coleta seletiva, resíduos sólidos, reciclagem, reaproveitamento, compostagem de resíduos, saneamento básico

Deixe seu comentário

 

Receba nossos artigos

Busca Por Artigos

biblioteca-digital-tera-ambiental
New call-to-action
New call-to-action
Descomplicando o tratamento de efluentes

Siga Nossas Páginas Nas Redes Sociais

Últimos Artigos

Artigos mais acessados