Reciclagem de Efluentes Industriais e Chorume
Solução de Tratamento de Efluentes Sanitários e Caixa de Gordura
Matéria Orgânica Transforma

Saiba a diferença entre esgoto sanitário e efluentes industriais

Publicado em 08-07-2013 11:13

Tratamento de efluentes

 

Uma indústria produz vários tipos de efluentes, entre eles o efluente industrial biodegradável e o esgoto sanitário, mas qual a diferença entre eles?

 

O esgoto sanitário ou efluente doméstico são os termos usados para caracterizar dejetos provenientes de residências, edifícios comerciais, indústrias, instituições ou quaisquer edificações que contenham banheiros e/ou cozinhas, dispostos em fossas ou tanques de acúmulo. Compõem-se basicamente de líquidos de hábitos higiênicos e das necessidades fisiológicas como urina, fezes, restos de comida, lavagem de áreas comuns, etc. Sua composição inclui sólidos suspensos, sólidos dissolvidos, matéria orgânica, nutrientes (nitrogênio e fósforo) e organismos patogênicos (vírus, bactérias, protozoários e helmintos).

 

Já o efluente industrial biodegradável possui características próprias, inerentes aos processos industriais. Suas características químicas, físicas e biológicas variam de acordo com o ramo de atividade da indústria, operação, matérias-primas utilizadas, etc. Para que sejam avaliados os parâmetros de tratamento, é necessário que uma amostra do resíduo líquido seja coletada e enviada para caracterização em um laboratório credenciado. O laudo resultante deverá incluir a análise dos parâmetros listados no artigo 19A do Decreto 8468/76, mais DBO, DQO, SST e BTEX. Tudo isso tem de ser levado em consideração ao realizar a gestão de resíduos de sua empresa.

 

Os vários tipos de efluentes domésticos  e efluentes industriais com características mencionadas podem passar por tratamento biológico, conforme mostra a tabela abaixo:

 

Efluentes Domésticos

Efluentes Industriais

 
Diversos segmentos podem destinar esses tipos de efluentes para o tratamento biológico. Confira alguns deles abaixo:
  • Abatedouros (frigoríficos);
  • Aterros sanitários;
  • Indústria automotiva (apenas o efluente tratado ou livre de contaminantes);
  • Cerâmicas;
  • Cervejarias;
  • Depósitos e comércio atacadista de GLP;
  • Destilarias,
  • Funerárias (água de preparação de corpos);
  • Gráficas (livres de solventes);
  • Hotéis, motéis e condomínios;
  • Indústrias de cosméticos, de embalagens, de medicamentos veterinários, de móveis, de produtos de higiene, de produtos de limpeza, farmacêutica, alimentícias, de papel (celulose), de ração animal, de refrigerantes e químicas;
  • Lavanderias;
  • Metalúrgicas;
  • Shoppings centers;
  • Entre outros.

Para essas indústrias, o tratamento biológico representa a melhor e mais econômica solução. Se é isso o que você busca, deve procurar uma empresa de tratamento como a Tera Ambiental.

 

Estamos à disposição para mostrar como o tratamento off-site pode ser o melhor custo-benefício para os seus negócios.

 

CTA - Guia para destinação e tratamento de efluentes

 

Tópicos: efluente doméstico, efluente industrial, esgoto sanitário

Deixe seu comentário

Receba nossos artigos

Busca Por Artigos

biblioteca-digital-tera-ambiental
New call-to-action

Siga Nossas Páginas Nas Redes Sociais

Últimos Artigos

Artigos mais acessados